• Sandra Carvalho

Sabe por que muita criança tem pavor de brócolis?

O odor dos compostos de enxofre voláteis afasta a garotada, dizem cientistas da Austrália.


Brócolis e criança
Ojeriza a brócolis: enzimas do vegetal se misturam com bactérias da saliva e criam um odor muito ruim | Foto: cc0 Cottonbro/Pexels

O brócolis é o candidato favorito a alimento mais odiado do mundo, principalmente por crianças. Brócolis, couve-flor, couve-de-bruxelas - nenhuma dessas hortaliças brássicas é campeã de simpatia entre o público infantil.


Agora cientistas da #CSIRO, a agência do governo australiano responsável por pesquisas científicas, deram uma explicação para isso.


É que as enzimas dessas hortaliças se misturam com as bactérias da saliva e produzem compostos de enxofre voláteis com um odor muito desagradável. O maior vilão da história é o sulfóxido de S-metil-L-cisteína, presente nos vegetais, responsável último pelo cheiro.


Os pesquisadores descobriram que esses compostos voláteis são similares em pais e filhos, o que sugere microbiomas orais compartilhados. Quando o nível dos compostos é alto eles levam as crianças a detestar o brócolis e seus irmãos brássicos.


Os adultos aprendem a gostar desses alimentos mais tarde - brócolis é um gosto adquirido.


Para chegar à origem do pavor ao brócolis, os pesquisadores usaram cromatografia gasosa, olfatometria e espectrometria de massa num experimento feito com brócolis e couve-flor crus e cozidos no vapor.


O odor mais odiado no experimento foi o do dimetilsulfureto, um composto organosulfuroso, que tem cheiro de coisa podre. O estudo foi publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry. ✔︎


Veja mais: Olhe o que está faltando no prato do brasileiro