• Sandra Carvalho

Pessoas sem sintomas transmitem 10% dos casos de coronavírus

Pelo menos é o que afirma um estudo da Universidade do Texas.


Coronavírus: trasmissão rápida | Imagem: NIAID/Flickr

Pesquisadores de doenças infecciosas da Universidade do Texas em Austin (UTAustin) estudaram a propagação do novo coronavírus e verificaram que mais de 10% das infecções são transmitidas por pessoas que têm o vírus, mas ainda não sentem seus sintomas.


O estudo, que reuniu cientistas dos Estados Unidos, França, China e Hong Kong, foi publicado no jornal Emerging Infeccious Diseases.


De acordo com a pesquisa, o tempo entre casos da cadeia de transmissão do coronavírus é de menos de uma semana. Na China, esse intervalo serial foi de quatro dias. No caso do Ebola, o intervalo serial é de várias semanas.


"Os dados sugerem que que esse coronavírus pode se espalhar como influenza, o que significa que precisamos nos mover rápida e agressivamente para frear a ameaça que ele representa", observou Lauren Ancel Meyers, professora de Biologia na Universidade do Texas em Austin.


O estudo examinou mais de 450 casos de infecção em 93 cidades da China e encontrou evidências fortes de transmissão assintomática, o que ainda é uma dúvida para muitos epidemiologistas.


"Nossos achados são corroborados por exemplos de transmissão silenciosa e disparada de casos em centenas de cidades no mundo", afirmou Meyers. "Isso nos diz que os surtos de Covid-19 podem ser elusivos e requerem medidas extremas."


#China #Coronavírus #Epidemias #UTAustin