Phubbing irrita até Banksy, mas domina

Ignorar as pessoas próximas e se concentrar no celular está quase virando norma.


Romance na era do phubbing, segundo o humor mordaz de Banksy | Imagem: Banksy

Imagine, no futuro, a habilidade de falar ou comunicar cara a cara completamente erradicada. Já pensou? Os acadêmicos já dissecam esse pesadelo.


Ignorar pessoas próximas e se concentrar na tela do celular é um comportamento conhecido como phubbing desde 2012, quando a palavra foi criada pela agência de publicidade McCann na Austrália.


Claro, phubbing vem de phone e snubbing - esnobar qualquer pessoa em favor do celular. Veja, na imagem de cima, o que o mais conhecido artista de street art do mundo, Banksy, acha disso.


Em Stop Phubbing há posters contra phubbing para download, estatísticas pouco rigorosas mas divertidas (os cariocas aparecem entre os maiores phubbers do mundo), e fotos de celebridades flagradas no ato de phubbing.


Há também enquete para saber se as pessoas são contra ou a favor desse comportamento.

Mas são tantos os phubbers convictos que sequer num site contra phubbing ele deixa de dominar.


Você prefere um sorriso real ou um emoticon? Você está muito ocupado com a vida para fazer um update de status numa mídia social? Essa é a provocação.


#Banksy #Celulares #Phubbing #StreetArt