• Sandra Carvalho

Por tanta gente quer essa máscara da Uniqlo?

A AIRism faz sucesso no Japão e agora começa a invadir o resto do mundo.


Máscara AIRism: dá para lavar à máquina até 20 vezes | Imagem: reprodução Uniqlo

Quando estreou em junho, em junho, no Japão, a máscara lavável AIRism, da Uniqlo, causou filas, correria, pane nas vendas online e esgotamento total do estoque.


A Uniqlo, uma gigantesca rede de roupas básicas de design contemporâneo, tecidos com tecnologia de ponta e preços muito atraentes, tinha aplicado na máscara sua conhecida fórmula de sucesso.


A máscara foi lançada com a uma tecnologia já conhecida dos consumidores, a AIRsm, desenvolvida para absorver o suor, liberar calor, secar rápido, ter efeito antimicrobiano e ainda neutralizar odores. A tecnologia se popularizou em camisetas e agasalhos da marca.


A máscara AIRsm ainda apresentou outras vantagens, como as três camadas normalmente recomendadas pelos especialistas contra o novo coronavírus, filtro embutido, a possibilidade de ser lavada até 20 vezes sem perder suas propriedades, e um preço camarada. No Japão, 3 máscaras por cerca de 10 dólares.


Agora com o abastecimento normalizado no Japão e expandido pela Ásia, a máscara começa a chegar a outros mercados, como os Estados Unidos, por 15 dólares o pacote com três unidades.


No Brasil, onde não há lojas da Uniqlo, produtos da marca são vendidos normalmente no Mercado Livre, mas até agora nem sinal da máscara AIRism por lá.


As máscaras AIRism: tecnologia da marca já conhecida | Imagem: reprodução Uniqlo

Veja mais: O que a máscara da LG tem de diferente?