• Sandra Carvalho

Qual será a rota da epidemia do novo coronavírus pelo mundo?

Cientistas alemães avaliaram o risco em todos os países, baseados nas viagens de avião.


Caminhos do vírus pelos aeroportos | Imagem: DirkBrockman/Universidade Humboldt

Não está fácil prever para onde irá o novo coronavírus, mas cada vez mais os cientistas tentam. A epidemia já matou 1.527 pessoas e infectou 67.091 em 28 países.


Observando o rumo do Covid-19 até agora, biólogos alemães da Universidade Humboldt (HUBerlin) e pesquisadores Instituto Robert Koch calcularam a probabilidade de um passageiro doente de Wuhan, o epicentro da epidemia, chegar em qualquer aeroporto do mundo.


No momento, o risco maior é da Tailândia (2,0%), Japão (1,6%) , Coreia do Sul (1,0%), Hong Kong (0,9%) e Taiwan (0,9%), segundo os prognósticos deles.


O modelo de risco que os cientistas montaram se baseia na rede de transporte aéreo global, com aproximadamente 4.000 aeroportos.


O risco tem a ver com proximidade de Wuhan, é claro, mas essa proximidade está longe de ser o único fator importante.


Os Estados Unidos estão com maior risco no momento que países asiáticos muito mais próximos de Wuhan, como Cingapura e o Laos. É o sexto no ranking dos riscos, enquanto Cingapura é a nona e o Laos fica em 29º lugar.


O Brasil não aparece na lista dos 30 países com maior risco - nenhum país sul-americano aparece. Das Américas, só Estados Unidos e Canadá entram na lista.


A conferir se as previsões dos cientistas alemães se confirmam.


#Aviões #Biologia #China #Coronavírus #Epidemias #HUBerlin #Tailândia #Wuhan