• Sandra Carvalho

Quem dorme só seis horas por noite pode se complicar com a balança

A cintura tende a ficar três centímetros maior do que a de quem dorme nove horas por noite.


Privação de sono: danosa para o peso e o colesterol | Foto: cc0 Pixabay

Cientistas da Universidade de Leeds, na Inglaterra, descobriram uma relação direta entre horas de sono e aqueles irritantes pneus de gordura na cintura.


Quem dorme uma média de seis horas por noite tem a medida da cintura três centímetros maior do que pessoas que dormem 9 horas por noite.


O estudo foi publicado dia 27 de julho no jornal PLOS One. Foi conduzido pela médica Laura Hardie, professora de Epidemiologia Molecular da Universidade de Leeds.


A pesquisa abrangeu 1615 adultos no Reino Unido. Constatou uma ligação entre a falta de horas de sono, sobrepeso e obesidade, com as consequências negativas disso na saúde das pessoas.


O estudo chamou a atenção para influência do excesso de peso no desenvolvimento de diabetes - doença que hoje atinge cerca de 415 milhões de pessoas entre 20 e 70 anos e idade no mundo.


Sono mais curto também foi ligado a níveis mais baixos de HDL, o colesterol bom, que ajuda a remover as gorduras ruins da circulação.


Qual é o período ideal de sono? "As horas de sono necessárias diferem de pessoa para pessoa, mas o consenso atual é que entre sete e nove horas é o melhor para a maioria dos adultos", observou Laura Hardie, num comunicado da universidade.


O estudo não registrou associação entre a falta de sono e dietas pouco saudáveis, ao contrário do que como costuma acontecer.


#Colesterol #Gordura #Obesidade #PrivaçãodeSono #Sono #UniversidadedeLeeds