Quer um esperma saudável? Não durma demais e nem de menos

O ideal são 7 horas ou 7 horas e meia de sono por noite, dizem cientistas chineses.


Quem dorme demais ( 9horas por dia) tem desvantagem em relação a quem dorme 7 horas.   | Foto: cc0 Pixabay

Pesquisadores da Universidade Médica do Exército, de Chongqing, sudoeste da China, juram que o ideal é dormir 7 horas ou 7 horas e meia por dia para ter um esperma 100% - isto é, com cromossomas saudáveis e o DNA perfeitamente íntegro.


Eles estudaram 2020 amostras de sêmen de 796 voluntários em Chongqing, cidade no centro da China.


Os que dormiam em média 9 horas por dia registraram um índice HDS (High DNA Stainability) 41% inferior ao dos que dormiam 7 horas ou sete horas em meia.


O índice HDS mede a a proporção de esperma com cromatina anormal. Cromatina é um complexo de DNA e proteínas que forma os cromossomas.


Quem dormia pouco, seis horas e meia por dia ou menos, também se saiu mal: teve um índice HDS 30% abaixo de quem dormia 7 horas ou sete horas e meia.


"A duração do sono tem uma associação inversa em forma de U com o volume de sêmen e a contagem total de esperma", afirmou Jia Cao, da equipe que fez a pesquisa.


O estudo foi publicado no dia 9 no Journal of Sleep Research, e divulgado ontem pelo publisher, Wiley.


#Esperma #Homens #ReproduçãoHumana #UniversidadeMédicadoExército