• Sandra Carvalho

Progresso não é PIB grande, mostra índice de progresso social

O índice leva em consideração, para começar, as necessidades humanas básicas.


Países com mais progresso social: europeus | Fotos: cc0 Pixabay

Os trilhões de dólares do PIB dos Estados Unidos, China e Japão não resolvem nada na hora de entrar no ranking dos países com maior progresso social do mundo.


Dinamarca, Finlândia, Islândia são os mais bem colocados nesse ranking, seguidos por outros pequenos países europeus, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.


O Índice do Progresso Social de 2017 leva em consideração, para começar, as necessidades humanas básicas - alimentação, casa, cuidados médicos essenciais, água encanada, esgoto, segurança pessoal.


Valoriza também acesso ao conhecimento básico e à comunicação, a qualidade do meio ambiente, as liberdades pessoais de escolha, a tolerância social, o acesso à educação mais avançada. Enfim, tudo aquilo que permite às pessoas atingir seu potencial.


É feito por gente que sabe o que está falando: Michael Porter, economista de Harvard, Scott Stern, professor de gestão do MIT, e Michael Green, presidente da ONU Social Progress Imperative.


Eles analisam e classificam as condições de 128 países.


O índice mostra que um PIB grande ajuda a atingir progresso social, mas está muito longe de ser sinônimo dele. Veja a lista dos 10 maiores PIBs do mundo: apenas o Canadá está nos primeiros lugares do índice de progresso social.


Os Estados Unidos, a maior economia do mundo, com 18,5 trilhões de dólares de PIB, fica fora. O Canadá, com 1,5 trilhão, entra.



Mesmo quando se considera o PIB per capita se chega a alguma equivalência entre o produto interno bruto e progresso social. O dinheiro do petróleo pode distribuir bem-estar, mas isso nem sempre acontece ou não acontece de forma suficiente.


Entre os 10 maiores PIBs per capita, só há dois países com maior progresso social: Suíça e Noruega. Nem o Catar, o primeiro da lista, com 127,5 mil dólares de PIB per capita, entra no ranking do progresso. Confira.


Progresso social depende de escolhas dos governos e das pessoas, é claro, e o índice prova isso.

Mas o PIB tem sua importância, é claro.


A lista dos países com menor progresso social está cheia de países com PIBs muito fracos. Veja o ranking negativo do progresso social.


A República Centro-Africana, a última do ranking do progresso social, tem um PIB per capita de 698 dólares. Nenhum dos sete países, com exceção de Angola, chega a PIB per capita de 3 mil dólares.



#Dinamarca #Finlândia #Islândia #Economia #PIB #Progresso #Rankings #RCA