• Sandra Carvalho

Robô-tubo pode ser o herói de missões de busca e resgate

A máquina é pensada para ajudar com suas câmeras em situações de perigo.


Equipe do robô-tubo: a invenção poderia ser usada em situações de perigo   | Foto: Universidade de Stanford

Já imaginou um robô molinho, flexível, com a forma de um tubo, que se expande por metros e metros, e depois se retrai? Cientistas da Universidade de Stanford imaginaram, inspirados por organismos naturais como videiras e fungos.


O robô que eles criaram, que atualmente é mais um conceito que um produto já desenvolvido, foi apresentado hoje num paper publicado pelo jornal Science Robotics.


Um robô desse tipo poderia ser útil em situações de perigo, para procurar com sua câmera pessoas em edifícios prestes a ruir, por exemplo.


Protótipos do robô foram testados com diferentes obstáculos, para explorar suas possibilidades nos campos de busca e resgate e de uso em equipamentos médicos.


"O corpo do robô se estende numa ponta mas o resto do corpo não se move", descreveu Elliot Hawkes, professor visitante da Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, e o principal autor do paper, para o Stanford News Service.


Este vídeo de Stanford de 2:46 hospedado no YouTube dá uma boa ideia como esse robô pode funcionar.


#Robôs #Stanford