• Sandra Carvalho

Viu as profissões mais confiáveis e as mais dissimuladas?

Cientistas são considerados os mais dignos de confiança. Políticos, ao contrário.


Cientistas: com médicos e professores, os mais respeitados | Foto: cc0 Pixabay

A empresa de pesquisas francesa Ipsos investiga há 35 anos quais profissionais tendem a dizer mais a verdade. Por muito tempo, os médicos pareceram os mais confiáveis.


Em outubro de 2018, a agência ouviu 18 mil pessoas em 23 países. Desta vez, os cientistas passaram na frente dos médicos.


Na média global da pesquisa, 60% das pessoas consideraram os cientistas confiáveis. Eles têm um cartaz excepcional na Rússia (76% das pessoas ouvidas confiam neles), mas não tanto no Japão (o índice baixa a 40%).


No Brasil, 53% consideraram os cientistas comprometidos com a verdade. Apenas 15% disseram desconfiar deles, contrastando com as suspeitas frequentes de que são alvo no governo Bolsonaro.


Veja o gráfico da veracidade das profissões com os números globais:



Entre as profissões menos confiáveis, há duas unanimidades em todos os países: os mais suspeitos são os políticos e os executivos de publicidade. Confira no gráfico:



#Cientistas #Ipsos #Profissões