• Sandra Carvalho

Seattle calcula o preço das vidas perdidas em acidentes de carro

O custo econômico dessas mortes é medido com um aplicativo.


Seattle: o preço da violência no trânsito é alto | Foto: cc0 Pixabay

A cidade de Seattle, no estado de Washington, sabe exatamente qual é o custo econômico dos acidentes de carro. Este ano, até hoje, dia 10 de julho, foram 74,2 milhões de dólares.


Houve oito mortes nesse período - custo, 12,4 milhões de dólares. Ferimentos sérios, 3,9 milhões de dólares. Ferimentos em geral, 37,8 milhões. Danos a propriedades , 12,4 milhões. Ferimentos possíveis, 7,6 milhões.


A visualização dos dados é um trabalho desenvolvedor de web Tim Ganter para a ONG Seattle Neighborhood Greenways.


A ideia é chamar a atenção pessoas para o alto custo da violência do trânsito com o aplicativo - já que a perda de vidas, em si, infelizmente, é muitas vezes considerada um efeito colateral praticamente inevitável.


Os dados sobre os acidentes de carros são de uma base open-source dos acidentes de trânsito de Seattle, combinados com os custos estimados para mortes e ferimentos do Conselho Nacional de Segurança dos Estados Unidos.


O site Next City fez o cálculo das perdas econômicas dos acidentes de carro para o ano de 2016 inteiro em Seattle com o aplicativo de Tim Ganter e chegou a 222,8 milhões de dólares. No ano, o trânsito matou 23 pessoas na cidade.


Na cidade de São Paulo, 950 pessoas morreram vítimas de acidentes de carro no mesmo período. Qual seria o custo econômico dessas mortes? E dos dias perdidos em trabalho das outras pessoas que se feriram em acidentes e sobreviveram?


Está aí uma boa conta para o Infosiga fazer.


#Acidentes #AcidentesdeCarro #Cidades #Seattle #Transportes