• Sandra Carvalho

Tem ideia de como era frio na era do gelo?

Cientistas da Universidade do Arizona calcularam a temperatura de 20 mil anos atrás.


No Ártico, a temperatura era 14 graus Celsius mais baixa do que hoje | Foto: cc0 Alberto Restifo/Unsplash

Na última era do gelo, a temperatura global média era de 7,8 graus Celsius, 6 graus mais fria que hoje. Ao longo do século 20, a temperatura média foi de 14 graus.


Os cientistas da Universidade do Arizona (UArizona) calcularam a temperatura do Último Máximo Glacial, 20 mil anos atrás, um período congelante, em que geleiras imensas tomaram metade da Europa e das Américas do Norte e do Sul.


Era gelo para todo lado, mas a temperatura mais baixa de todas acontecia no Ártico, onde fazia 14 graus menos do que faz hoje.


Estudar a temperatura no passado é importante para estimar a sensibilidade climática, isto é, quanto a temperatura global sobe com mais carbono na atmosfera.


Na era do gelo, havia 180 partes de dióxido de carbono (CO2) por milhão na atmosfera. Antes da Revolução Industrial, os níveis já tinham subido para 280 partes por milhão. Hoje já chegamos a 415 partes por milhão.


Os pesquisadores da Universidade do Arizona estimaram que temperatura global se eleva 3,4 graus a cada vez que o carbono dobra na atmosfera, na faixa intermediária das previsões de outros modelos climáticos.


Para estimar a temperatura da era do gelo, eles se basearam em dados coletados de fósseis de plâncton oceânico. O estudo foi publicado na Nature.


Temperatura na última era do gelo: o azul escuro significa mais frio | Mapa: Universidade do Arizona

Veja mais: A caça acabou com esse rinoceronte? Não, o clima