• Sandra Carvalho

Uma borboleta de gás encanta o espaço

Essa nebulosa está entre 3.000 e 6.500 anos-luz da Terra.


NGC 2899: uma bolha de gás extraordinária pela beleza | Imagem: ESO

As formas espetaculares de uma nebulosa estão ofuscando as estrelas da Via Láctea. Ela está na constelação da Vela, entre 3.000 e 6.000 anos-luz da Terra, desenhando uma borboleta no espaço. Seu nome: NGC 2899.


Nebulosas planetárias se formam quando estrelas velhas chegam ao final da vida, entrando em colapso e lançando gás em expansão para o espaço. Radiação ultravioleta energiza esse gás em movimento, fazendo que brilhe por milhares de anos no espaço até que se disperse.


A imagem da NGC 2899 foi capturada pelo telescópio VLT do Observatório Europeu do Sul (ESO) no Chile. Essa gigantesca bolha de gás teve origem em duas estrelas. Seu desenho bipolar costuma aparecer apenas em 10% ou 20% das nebulosas.


As faixas de gás da NGC 2899 vão do seu centro até dois anos-luz, com o gás chegando a nada menos que 10 mil graus de temperatura. O gás hidrogênio responde pelo halo avermelhado e o oxigênio, pelo azul.


Veja mais: A corrida em busca da vida em Marte


#Constelações #ESO #Gases #Hidrogênio #Espaço #Oxigênio #Telescópios