Uma obra-prima de Frank Lloyd Wright salva da demolição

A casa fica em Phoenix, Arizona, e foi desenhada para o filho do arquiteto.


 Casa resgatada das mãos do mercado imobiliário   |  Foto: David & Gladys Wright House Foundation

Uma casa em forma de espiral desenhada pelo genial arquiteto americano Frank Lloyd Wright escapou por pouco de acabar em escombros.


A casa foi desenhada em 1950 por Wright para seu filho, David, e a nora, Gladys, aos pés da montanha Camelback, em Phoenix, Arizona. Ficou pronta dois anos depois e é considerada a última obra-prima dele em residências.


Pela forma de espiral, a casa tem algo a ver com o prédio do Museu Guggenheim de Nova York, que o próprio Wright já estava encarregado de projetar.


Os herdeiros do arquiteto puseram a casa à venda em 2009 e ela acabou nas mãos de empreendedores do mercado imobiliário. A ideia deles era derrubar a casa para construir duas outras no lugar.


Protestos em Phoenix conseguiram barrar os planos. Um empresário da construção de Las Vegas, Zach Rawling, que crescera na região de Phoenix, decidiu salvar a casa assim que soube da ameaça de demolição.


Comprou a propriedade e criou a fundação David & Gladys Wright House para mantê-la de pé.


Este mês, a Escola de Arquitetura de Taliesin passou a usar a casa para atividades educacionais, enquanto os trabalhos de restauração prosseguem.


O vídeo How to Live in the Southwest, de 11:41, no YouTube, conta a história da criação da casa por Wright de uma forma apaixonante para quem é interessado em arquitetura.



#Arquitetura #EUA #Phoenix