• Sandra Carvalho

Uma parente nossa andava como humana...

... mas trepava em árvores como os macacos, dois milhões de anos atrás.


Australopithecus sediba
Escultura hiper-realista de fêmea Australopithecus sediba | Foto: S. Entressangle/Museu de História Natural de Michigan

O Australopithecus sediba, um dos nossos parentes de milhares de anos atrás, viveu perto da caverna Malapa, na atual África do Sul.


Essa espécie, de pouco menos de 2000 anos atrás, intrigava os cientistas porque parecia andar sobre dois pés mas também trepar em árvores. Como isso era possível?


O mistério foi esclarecido com a descoberta de uma vértebra lombar da única mulher da espécie Australopithecus sediba conhecida, chamada de Issa.


Com a nova vértebra, e as outras que eles já tinham em mãos, os cientistas puderam verificar que a espécie andava como os humanos, mas subia nas árvores como os macacos.


O estudo foi feito por pesquisadores das universidades de Nova York (#NYU) e de Witwatersrand (#Wits), da África do Sul, e mais várias instituições. Foi publicado em preprint em bioRxiv.


O Australopithecus sediba foi descoberto em 2008, e anunciado ao mundo em 2010. Desde então as escavações na caverna Malapa prosseguem.


Grandes blocos da área foram removidos do local e digitalizados com tomografia computadorizada, a fim de verificar se havia fósseis dentro deles. Foi de um desses blocos que saiu a vértebra lombar reveladora de Issa.

Com a nova vértebra, os cientistas puderam constatar que Issa tinha uma lordose semelhante à mulher moderna, e não uma hiperlordose, como se pensava antes.


Os pesquisadores também constataram que Issa tinha uma parte inferior das costas poderosa, muito forte, indicando que devia trepar nas árvores e se pendurar nos galhos. Assim, andava como bípede, como os humanos, mas escalava as árvores como os símios.


Segundo Scott Williams, da NYU, um dos autores do estudo, declarou ao site The Conversation, os resultados da pesquisa fazem o Australopithecus sediba um parente próximo do gênero Homo.


Austrolopithecus sediba
A fêmea Australopithecus sediba de corpo inteiro | Foto: S. Entressangle/Museu de História Natural de Michigan

Veja mais: Fim do segredo das múmias mais enigmáticas da Ásia